terça-feira, 23 de setembro de 2008

En vivo de Carrion de los Condes

Hola amigos! Hace tiempo, no?

Bem, entao vamos por partes (se esse teclado POS deixar...)

Burgos - Hontanas
Nem tava tao frio qdo saimos pela manha, tanto q nem fui de casaco (logo depois me arrependi, mas enfim). Passamos por umas cidadezinhas bem bonitinhas. A q mais gostei foi Rabe-alguma-coisa (esqueci o nome, claro) e ate ali a caminhada foi tranquila. Qdo chegamos em Hornillos, a baiana resolveu pernoitar ali mesmo - a 1a leva das mesetas realmente eh desanimadora. Mas eu e Joao seguimos, e rezei mto p nao ter tomado a decidao errada. Seriam mais 10km de praticamente nada, subidas, descidas e plano. Nesse momento coloquei as botas novamente e encarei a 2a leva das mesetas. Cheguei exausta em Hontanas, e quem foi a 1a pessoa q vi no albergue? O joselito-mor e q ainda fez uma piadinha mto da sem graca, ngm mereceu... Mas enfim, qdo cheguei no quarto tive outra surpresa desagradavel: perdi 1 pe da minha papete. Eu tinha pendurado na mochila no mosquetao de camelo, e em Hontanas so chegou 1 pe.... Na hora fiquei mega tensa mas a hospitaleira disse q na prox cidade (10 km) eu acharia uma tienda q daria p comprar. Enfim.... Dai o jantar foi meio half mouth num hostal ali na vila e fui dormir pq eu nao era mais ngm nakele dia

Hontanas - Boadilla
Foi uma caminhada interessante ate Castrojeriz, passamos pelas ruinas de um mosteiro na estrada. E na entrada de Castrojeriz aconteceu uma coisa INCRIVEL: achei o outro pe da minha papete!!! Quer dizer, quem achou foi o Joao, q chegou na minha frente no bar e disse q o pe tava pendurado na grade. Sinceramente, foi um anjo q achou minha sandalia em algum lugar e levou p essa cidade. Um anjo!! E foi otimo, pq nessa cidade nem tinha mta opcao de coisa p comprar mesmo. Fiquei mega feliz, claro, e ainda bem q eu tinha guardado o outro pe, imagina a dor de corno q seria??? Bem, o resto da caminhada foi mais ou menos. Teve uma subida forte e depois uma reta interminavel. Mas ainda bem q nao tava sol entao foi menos cansativo. Mas cheguei em Boadilla totalmente destruida (so p variar 1 pouco). As dores de agora sao nos pes, gracas a Deus os joelhos estao comportados. La fiquei num albergue privado e foi excelente. Um hospitaleiro (Dudu) eh espanhol mas fala portugues pq ta sempre no Brasil, e o outro (Hugo) eh um argentino super simpatico. Foi realmente mto bom ter ficado la. Pena q tava frio, pq tinha ate uma piscinha, eheheh. O jantar foi la mesmo, e foi mto bom. E quem tava na minha mesa (um mesao com 10 pessoas)? O joselito, haahhaah! By the end eu ja nem achava ele mais tao joselito assim, coitado. Apenas um fanfarrao...

Boadilla - Carrion
Caraca, hj fez mto frio de manha. Mto frio mesmo! Mas o dia foi bom, varias cidadezinhas ao longo, o q deixa o passeio mais agradavel. O dia tava otimo: sol porem com (mto) vento, entao nem precisei tirar o casaco. Ate q hj nas mesetas foi melhor, com a rodovia do lado. E os 26km hj nem pareceram tao largos assim. Cheguei relativamente cedo no albergue (15h), e to agora no comp. pq to esperando a agua esquentar p tomar banho, ahhaha. E depois vou dar um role pq a cidade me parece bem interessante.

Ufa, hj escrevi mto. E agora so faltam 402km! :)))

bjs, e ultreya!
Fotitos da etapa:

Café da manhã no albergue em Burgos. Fome, eu?

Dá a mão, Santo Domingo! - Na saída de Burgos


É pra lá!

Foi em algum lugar daí que perdi minha papete....

Saindo de Hontanas - ainda sem 1 pé da papete

Na entrada pras ruínas do Convento de San Antón

Entrada de Castrojeriz


Foi nesse bar que estava o outro pé da minha papete! (Copyright: João)


Pastor e seu rebanho pouco antes de Boadilla


Albergue privado em Boadilla

A caminho de Carrión de los Condes


Igreja em Frómista

O caminho é por aqui mesmo! (Copyright: João)

Totó de olho no meu bocadillo!

Igreja em Carrión de los Condes

Rua do albergue em Carrión

8 comentários:

Blog Inicial disse...

Querida, cansada.... certamente que todo dia.... rsrsrsrs
Desejo tudo de MUITO bom para você.
Beijão. Amaury

Andréia Maurício/RJ disse...

Oi Syl,
Você já está percebendo que dá pra chegar lá, né? Amei o causo da papete! Eu sempre digo que Santiaguinho vela por todos nós!
Posso colocar o endereço do seu blog na lista? Acho que todos gostariam de ler suas msgs.
Ânimo! Já falta pouco (rssss)!
Andréia

Sergio Mariano disse...

Olá, Peregrina Sylvia!
Vc está tendo tempo para olhar para trás e para pensar na vida?
Aproveite o longo Caminho que a oportunidade é única!
¡El Camino es muy largo, ¡Santiago, si!
El Apóstol y yo!
...
E segue a canção espanhola...
Até Leon ainda terás as "mesetas" para lhe ajudar a pensar...
¡Sus! ¡Eia!
¡Animo!
Bjks,
Sergio Mariano

Bita disse...

Syl!!
Também adorei a história da papeta. You are a luck girl, e teu anjinho da guarda ta te acompanhando nessa caminhada.
Fala pra mim o que é meseta??? rssssss
Beijos e ótimas caminhadas!!
Ah... hummm acho que ainda rola um romance com o joselito mór, que tal??
Hahahahahah

Bita disse...

ops: papete, rsss

¡84! disse...

wedding bells pra vc e o josenildo...

Shali disse...

Miguxa!!! Como os outros comentadores adorei a historia da papete! Coisas do caminho ...
E tb tô achando que vai rolar bnb com o Joselito! Seráááá?
hehehehehe
beijos e te cuida ...

moniprofesora disse...

Sylvia, estou adorando ler o que vc está escrevendo, conhecer um pouco dessa aventura.Queria estar em Santiago e ver a sua chegada, eu já me emocionei muito com a chegada dos peregrinos, é lindo demais.Vc amará Santiago de Compostela(minha menina dos olhos).Que Santiago te acompanhe, te guie e te espero em Barcelona para ouvir o teu relato. Beijos